sábado, 7 de novembro de 2015

Outubro/15 - Acompanhamento de Carteira

Olá pessoal.

Muita correria neste mês. Apesar de continuar lendo os blogs e mensagens, não tive muito tempo para postar nem comentar. Vou mudar isso em novembro. O ano está voando e já vemos as luzes de Natal. Impressionante como o tempo passa rápido!!!




O caminho para a IF segue firme, indo buscar a meta para o fim do ano. Alguns dos meus gastos foram um pouco altos neste mês, mas foram pontuais e não são recorrentes. Estou usando o dinheiro em algumas coisas que gosto para não parecer que a vida é apenas um acúmulo financeiro desenfreado, rs. Guardar é necessário, mas viver também é.

Vamos ver como anda a evolução patrimonial.


Carteira


Minha carteira de ações continua da mesma forma, com as mesmas ações:



Sigo fazendo minhas compras de ações, indo adiante com meu rodízio. Como foi visto no post sobre compras do mês (clique aqui), comprei VIVT3, MDIA3 e TOTS3. A Souza Cruz foi substituída pela Ultrapar. Em novembro comprarei WEGE3 e o ciclo recomeça.

Também tenho feito compras mensais de Tesouro Direto (como não comprar com os juros que temos?). Comprei "Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ)  Juros: 7,54% + IPCA". Aumentando a RF e assegurando a diversificação da carteira e a paz com a minha esposa, que não gosta do sobe e desce da RV.

Novamente sem compras de LCI e LCA. Gosto das que rendem mais que 100% do CDI e que não tenham valores absurdos de entrada (é pedir demais? rs). Se aparecer alguma disponível na RICO, considerarei para novembro.


Resultados


Segue o resultado da carteira, com valores de fechamento do dia 31/10/2015:



A distribuição do capital ficou assim:



A evolução do patrimônio ficou em 5,24%, o que inclui também o dinheiro novo que coloquei no mês. Estou muito perto de chegar na meta para o fim do ano. Disciplina dando resultados, conforme o esperado.



Conclusões


Meu resultado da carteira de ações ficou a contento. Reverteu-se uma sequência de quedas e tive um resultado positivo de 2,54%, melhor que o 1,79% do IBOV. Viva o fim do ano!!! 

Achei que não fiz o melhor negócio na venda da Souza Cruz. Poderia ter segurado até o leilão e vendido pelo preço proposto (R$ 27,20). O problema foi que entendi no edital que o procedimento para participar do leilão era trabalhoso, com um monte de documentos sendo enviados à corretora. Vendi a R$ 26,72. Depois recebi um e-mail da Rico e entendi que não era tão difícil assim participar do leilão. Eu tinha pouco dinheiro na Cruz, mas o que me chateou foi não ter entendido direito como a coisa funcionava e me precipitado. Fica como lição aprendida. Nunca tinha participado de OPA antes.

Tesouro Direto tendo uma boa performance, de acordo com o esperado. Sigo acumulando até o vencimento, juntando o dinheiro que sobra das minhas compras de ações.

LCI/LCA seguindo firme. Dá vontade de comprar um monte, rs. Espero que o Levy não cresça os olhos para cima desse nosso rendimento sem IR.

Meus estudo sobre FII andaram menos do que eu queria. Mas já estou montando minha carteira. Daqui a pouco tempo divulgo aqui para os comentários dos nobres colegas.

Abraços!!!

4 comentários:

  1. Olá ID,
    Vejo que você está quase conseguindo sua meta de patrimônio para o ano. Parabéns!
    Penso que a sua carteira está um pouco concentrada nos setores financeiro e de consumo. Acredito que adicionar uma empresa do setor de construção e transporte melhoraria sua diversificação.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flamenguista.

      Pois é, esse negócio de aportes mensais funciona mesmo. Estou indo em direção à meta e estou quase lá. É possível que eu faça um aporte este mês um pouco maior só para bater a meta. Sou um pouco ansioso, rs.

      Não sei se chega a ser uma grande concentração não. Está de acordo com o que eu esperava, principalmente a parte do setor financeiro. O setor financeiro tem lucro atrás de lucro. Só Governo sabe esfolar mais o cidadão que o setor financeiro (e eu também sou "sócio" do Governo no Tesouro Direto, rs). O setor financeiro compõe hoje 25% da minha carteira.

      A parte de consumo da carteira está diversificada em setores diferentes, como pode ver na lista de ações da carteira. Acho que está tranquilo também.

      Pensei no mês passado na EZTec (construção). Mas acabei optando pela Ultrapar. Se eu decidir aumentar mais minha carteira, ela é forte candidata.

      Minha diversificação neste momento está indo em direção aos FIIs. Em breve eu entro nessa.

      Obrigado pelo comentário!!!
      Abraço

      P.S.: Parabéns pela vitória sobre o Goiás.

      Excluir
  2. Olá. Gostaria de apresentar meu blog.

    Parabéns pela disciplina e troca de informções.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FX.

      Já tinha visto seu blog. Achei sua meta semanal de 5% muito muito muito arrojada. Não me lembro de ter visto na blogosfera financeira alguém com uma meta desta.

      Acho Forex interessante, mas ainda sou leigo no assunto. Nem sei como operar isto e acho que minha corretora nem tem esta possibilidade. Vou acompanhar seu blog para aprender sobre o assunto.

      Abraço

      Excluir