segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Dezembro/16 - Acompanhamento de Carteira

Olá pessoal.

Hora de fazer o fechamento do mês. Dezembro é especial, pois fecha o ano também. Momento de fazer um balanço de como foi o ano que passou e renovar as esperanças para o novo ano.


Vamos ver como ficou a carteira.


Carteira


Conforme dito no post de compras (clique aqui), comprei mais ações da GRND3 e EGIE3. Então minha carteira permanece com as mesmas ações, mas em maior número. Segue a sua composição:


Como disse no post de compras, não comprei FIIs em dezembro. Vou rever meus objetivos com relação a este tipo de ativos para o ano de 2017. A carteira segue assim:


Outra coisa que não comprei em dezembro foi Tesouro Direto. Não sobrou quase nada do meu aporte para colocar neste tipo de ativo. Acabei preferindo colocar mais dinheiro na renda fixa, por ter uma expectativa melhor de rendimento. Minha carteira segue inalterada:

Uma carteira que teve bastante alteração foi a de renda fixa. Comprei uma LC com uma taxa interessante (119% CDI) e uma Debênture que me empolgou (CEMIG 10% + IPCA). A nova carteira ficou assim:



Resultados


Os resultados ficaram assim:


A distribuição está assim:


Em dezembro o meu capital investido subiu 3,26%, considerando meu aporte também. Isso é muito bom! Meu capital esta crescendo, rumo à IF. A evolução está assim:

Conclusões


Minha carteira de ações continuou me segurando. Nova queda nos preços, agora com -1,98%. Pelo menos a queda não foi tão bizarra quanto foi mês passado. Pelo menos fiquei acima do IBOVESPA de dezembro, o qual fechou em -2,71% (fonte). No ano o IBOVESPA teve um avanço bem significativo (38,94% - fonte). O rendimento da minha carteira não foi nem perto disto, pois não tenho Petro, nem Vale, nem outras que subiram como um foguete. Lembro que estou medindo a valorização apenas pelo preço, estando os dividendos fora desta conta.

Minha carteira de FIIs teve alta de 0,90% neste mês. Muito melhor que o resultado negativo do mês passado.

Minha carteira de Tesouro Direto subiu 2,35%. Um mês muito bom! Faço o cálculo com os valores líquidos já retirando o valor do IR. Pretendo levar a carteira até o vencimento, então estes números são só para acompanhamento mesmo.

A carteira de renda fixa (LCA/LCI/LC/Debênture) cresceu 1,03%. Esta é uma carteira que só tem me dado alegria. Por isto dei atenção especial a ela nos últimos 2 meses, colocando mais dinheiro nela.

No ano de 2016 os meus resultados ficaram assim (desconsiderando dividendos de ações e rendimentos de FIIs):
  • Ações:                 7,50%
  • FIIs:                   16,06%
  • Tesouro Direto:  15,39%
  • Renda Fixa:        12,40%  

O rendimento geral dos meus investimentos em 2016 foi de 12,13%.

Fecho o ano feliz, acima da minha meta anual. A meta foi estabelecida no início do ano e consegui alcançá-la bem mais rápido do que tinha imaginado, estipulando uma nova meta em junho, a qual também bati. Consegui aportar todos os meses e venho observando o resultado do meu crescimento patrimonial. Sei que a caminhada é longa e que exige alguns sacrifícios, mas sei que cada mês me aproximo mais da IF.

Espero que a economia melhore neste novo ano e que as empresas voltem a crescer, dar lucro e pagar mais dividendos.

Feliz ano novo para todos nós!!! Que 2017 seja um ano espetacular, muito melhor que o ano que terminou!!!

Abraço!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Dezembro/16 - Compras de Dezembro

Olá pessoal.

Estamos chegando nos "finalmente" de 2016. Vi muitas pessoas reclamando deste ano e sei que a crise está presente, com muita gente perdendo emprego e passando dificuldades. Mas eu não tenho do que reclamar. No meu caso, as coisas boas que me aconteceram superaram em muito as ruins. Espero que para vocês tenha sido assim também.

Obrigado por mais um bom ano!!!


Chegou a hora de falar sobre minhas compras deste mês. Como estava com um dinheiro na conta por causa do 13o salário e com receio de ficar abaixo da minha meta de fechamento anual, dei uma pequena aumentada no valor habitual de aporte.  


Compras


Fiz minha compra mensal hoje, 29/12/2016. Felizmente consegui manter a disciplina e aportar em todos os meses de 2016.

Apesar da surra que tomei da Bovespa no mês passado (clique aqui), continuo aportando na minha carteira de ações. Antes de aportar dei uma olhada nos fundamentos das ações candidatas e não tinha como pensar que era uma má ideia colocar dinheiro nelas. As candidatas eram Grendene e ENGIE.

Seguindo a ordem do meu rodízio nas ações, comprei GRND3 e EGIE3:
  • GRND3    Preço: R$ 17,64
  • EGIE3      Preço: R$ 34,86

Não comprei FIIs neste mês. Não consegui encontrar nenhuma compra nova que me empolgasse. Estou um pouco desiludido com os DYs que estou vendo. Preciso rever minha estratégia para FIIs 2017.

Na renda fixa, comprei o que consegui encontrar no site da Rico que melhor me atendesse. Comprei uma Letra de Câmbio:
  • AVISTA S A CFI  119% CDI  1800 dias

Também aproveitei a oportunidade e comprei minha primeira debênture:
  •  CEMIG  10% + IPC-A   773 dias

Não sou fã de não ter cobertura do FGC ou do Tesouro, mas essa debênture é de curto prazo e de uma empresa bem grande. E para ficar mais tranquilo, segurei um pouco a mão na hora do aporte.

Não sobrou muita coisa na conta corrente da corretora, então não aportei no Tesouro Direto.


O mês de dezembro foi generoso para mim. Como foi para você?  Comprou alguma coisa?

Abraço!!!

sábado, 3 de dezembro de 2016

Novembro/16 - Compras de Novembro e Acompanhamento de Carteira

Olá pessoal.

Precisei me afastar um pouco deste blog e da blogosfera financeira, mas já estou de volta. Voltei já no momento de fazer o fechamento do mês de novembro. 

Este mês tive um resultado que não foi bom. No meu post mais recente (clique aqui) eu tinha pensado em reajustar a meta de fim de ano (pois eu a tinha superado), mas agora vou ter que lutar para me manter acima daquela meta mesmo.

Tentando segurar minha carteira (foto: fonte)


Apesar de ter ficado um pouco afastado do blog, fiz minhas compras mensais. "Disciplina never ends", rs.


Compras de Novembro


Como este mês teve Black Friday na [corretora] Rico, deixei para fazer as compras no final do mês e aproveitar as ofertas. Comprei um CDB com uma taxa interessante:
  • CDB - Banco Luso Brasileiro - 122% CDI

Seguindo o rodízio das minhas ações, comprei (no dia 25/11/2016):
  • ITSA4     Preço: R$ 8,59
  • UGPA3   Preço: R$ 70,63

Com a raspa do tacho do meu aporte, comprei mais TD:
  • Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ)  Juros: 6,22% + IPCA

Então, minha carteira ganhou um novo CDB. =)


Carteira


A carteira de ações segue inalterada. Apenas crescendo o número de ações:


A carteira de FIIs também permanece como está:


A carteira de Tesouro Direto segue engordando, com os mesmos títulos:


Minha carteira de LCA/LCI/CDB aumentou:


Agora, vamos aos resultados.


Resultados


Os resultados ficaram assim:



A distribuição está assim:



Em novembro meu capital total caiu 2,24%. Considerando que fiz aporte, a coisa fica mais feia ainda. Minha "evolução" ficou assim:



Ainda estou acima da meta de fim de ano, mas agora estou indo no sentido contrário, rs.

Conclusões


Logicamente não veremos só de momentos bons na renda variável. Chegou aquele momento em que olhamos o resultado e dizemos para nós mesmos: "Ok, renda variável se chama assim justamente porque varia". Mas uma voz lá no fundo sempre grita: "PQP, cadê meu dinheiro???".

No mês de novembro minha carteira de ações teve um rendimento terrível, horrível, espantoso e horroroso. No dia 30/11/2016 o resultado era uma queda de 10,13% com relação à carteira de outubro. Mais triste que isto foi ter tomado um pau do Ibovespa, que fechou novembro "apenas" com perda de 4,65% (fonte). Nestas horas fico repetindo que invisto em empresas boas e que continuam boas, apesar da momentânea desvalorização.

Com os FIIs não foi diferente. Tombo de 3,67%. Teve um impacto menor na minha carteira total, pois são apenas 4% dela. Quero aumentar este número e vou aproveitar se os preços dos FIIs caírem.

Até o Tesouro Direto me deixou para baixo neste mês. A desvalorização foi de 0,95%. Como minha ideia é levá-lo até o vencimento, não estou tão preocupado com o resultado momentâneo. Mas ver a desvalorização em algo que responde por 44% da minha carteira é desagradável.

A carteira de LCA/LCI/CDB é só alegria. Bom ter alguma coisa que puxa para cima, rs. Essa é a parte boa da diversificação. Só ela ficou positiva, com seus 1,11%. Como disse nas compras, comprei um CDB novo com rendimentos de 122% CDI. Acho que eu deveria ter aproveitado e comprado bem mais do que comprei. Vou aguardar novas oportunidades.

O rendimento da minha carteira andou para trás 3,99% neste mês. No fim das contas a minha corrida para a IF foi atrapalhada pelo recuo da minha carteira de ações. Como ela responde por 34% da minha carteira total, o resto da carteira não conseguiu segurar a onda. Ainda fiquei acima da meta de fim de ano, apesar do recuo.

Torcendo para dezembro ser melhor que novembro, seguiremos a acumulação de patrimônio rumo à IF!!!

Abraço!

sábado, 29 de outubro de 2016

Outubro/16 - Acompanhamento de Carteira

Oi pessoal.

Neste mês resolvi fechar as contas faltando 1 dia útil para o fim do mês. Esta semana promete ser bem agitada para mim. Então, fecho hoje mesmo.



Neste mês passei a meta que tinha para o fim do ano. Muito bom!!! A meta tinha sido agressiva, o que mostra que estou guardando um bom dinheiro todo mês e que meus investimentos tem dado um bom retorno.

Vou pensar se subo novamente a meta para o fim do ano ou se deixo como está e relaxo um pouco. Se você vir um update deste post é porque não aguentei e tracei uma nova meta, rs.

Vamos à carteira!


Carteira


A carteira segue na mesma configuração. Sigo comprando mais das mesmas, dentro do rodízio mensal:


Neste mês fiz compras de WEGE3, ABEV3 e CIEL3. As compras do mês estão no meu post de compras (clique aqui). Todas estas são empresas boas. Dei uma olhada nos seus fundamentos antes de aportar e todas elas valem o investimento.

Minha carteira de FIIs cresceu. Comprei RNGO11, aumentando (mais do que eu gostaria) a exposição da carteira ao setor de escritórios:


Comprei mais Tesouro Direto. Compro praticamente todo mês, mesmo que pouco dinheiro. Devagar e sempre, rs. Comprei mais IPCA+ 2024 (NTNB Princ). Segue a carteira:


Minha carteira de LCA/LCI/CDB permanece como estava. Quase aportei na LC do banco Avista, que está sendo oferecido pela Rico (124% CDI , 1440 Dias, mínimo R$ 2.000,00).  Mas fiquei no quase, rs. Segue a carteira:

E agora, aos resultados!


Resultados


Os resultados ficaram assim:



A distribuição do capital é esta:


Neste mês o capital aumento impressionantes (para mim, pelo menos) 3,3%. Passei minha meta!!!


Conclusões


Tudo subiu neste mês!!! Só alegria!!! 

A carteira de ações e os FIIs continuam subindo. Respectivamente obtive 1,82% e 2,77%. Vamos ver até aonde a Bovespa vai. Sigo junto, para o alto e avante! Se começar a cair, compro também, rs.

As LCA/LCI/CDB continuam dando um retorno muito consistente, com seus 1,40%. Sigo na expectativa de conseguir comprar algo bom, bonito e barato. Ou que pague bem (maior ou igual a 100% CDI), que não prenda meu dinheiro por mais de 2 anos e por um preço baixo de entrada. É pedir muito? Rs.

Tesouro Direto continua indo. Rendeu menos do que mês passado (ficou em 0,53%), mas está bom também. Positivo sempre é bom. 

Sigo comprando e investindo. Feliz de ver que o dinheiro faz dinheiro e a disciplina faz com que isto aconteça. Obrigado, juros compostos!

Estou na expectativa pela próxima compra em FII. Se tiver sugestões, comente o post. Se não, comente também!

Abraço!


sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Outubro/16 - Compras de Outubro

Olá pessoal.

Assim como faço todo mês, investi um pouco mais no meu futuro e na minha IF: fiz minhas compras mensais! Neste mês pude fazer um aporte um pouco maior do que o de costume, pois tinha feito um menor no mês passado para guardar uma reserva de liquidez imediata caso desse algum problema na viagem de férias. 

Tenho novidades na minha carteira de FIIs:

RNGO11 - Nova integrante da carteira de escritórios



Minha carteira de FIIs cresceu e se diversificou mais um pouco, complementando o setor de escritórios. Comprei RNGO11 - FII Rio Negro.

Vamos às compras do mês!


Compras


No dias 17/10/2016 e 19/10/2019 aumentei minha carteira de ações. Seguindo a ordem da minha carteira (veja a carteira aqui), fiz as seguintes compras:
  • WEGE3   Preço: R$ 17,71 
  • ABEV3    Preço: R$ 19,57
  • CIEL3      Preço: R$ 32,98

Antes de comprar, dei uma passada nos fundamentos destas ações. Não vi problemas que me fizessem segurar os aportes. Muito pelo contrário, continuam empresas muito interessantes e que valem o dinheiro suado e honesto que coloco nelas.  

No dia 17/10/2016 aumentei minha carteira de FIIs:
  • RNGO11  Preço: R$ 78,90

Na minha lista estavam as seguintes opções: RNGO11, HGBS11, HGLG11, RBRD11, SAAG11, SDIL11. Optei pela RNGO11 baseado na qualidade de seu patrimônio, localização, históricos de rendimento mensal e anual, histórico de locação, razão cotação / valor patrimonial e seu histórico de cotações. Sei que existe vacância (até mesmo com expectativa de seu aumento), mas ainda assim me pareceu mais interessante que as outras opções para minha carteira.   

Para ser sincero meu plano era aumentar mais minha carteira de FIIs. Eu ia comprar 2 ações e 2 FIIs. Tinha escolhido a RBRD11 para comprar depois de RNGO11, mas acabei esbarrando na pouca liquidez dela. Eu já sabia da liquidez, pois é um parâmetro que me interessa e já tinha mapeado o número. Mas quando vi o book de ofertas desisti da compra. Parei para pensar um pouco e acabei comprando a CIEL3. 

A RBRD11 me pareceu uma boa empresa, com uma diversificação e retornos razoáveis. Contratos com vencimentos longos. Apesar de um de seus locatários não estar bem financeiramente segundo as informações que consegui achar (Lojas Leader), continua candidata a uma compra futura. Seria a inauguração do setor "Varejo" da minha carteira.

Raspando o tacho, comprei mais Tesouro Direto:
  • Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ)  Juros: 5,75% + IPCA

As compras foram boas para mim neste mês. Espero que as suas também tenham sido.

Se tiver sugestões de compras ou comentários, por favor escreva aqui no blog.

Abraço!  


quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Setembro/16 - Compras de Setembro e Acompanhamento de Carteira

Oi pessoal.

No mês de setembro me afastei um pouco do blog. Tirei férias e sumi, rs. Não deu tempo de fazer o post de compras, como sempre faço. Então, estou fazendo um post juntando as compras de setembro e o fechamento do mês.



Como a disciplina manda, não me afastei sem antes fazer minha compra mensal.


Compra de Setembro


Como minha cabeça estava longe neste mês, fui no básico nas compras. Comprei tudo de Tesouro Direto (no dia 16/09). 

  • Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ)  Juros: 6,02% + IPCA


Minha carteira não mudou neste mês.


Carteira


A carteira de ações segue na mesma configuração:


A carteira de FIIs também permaneceu inalterada:


Como já escrevi, minha carteira de Tesouro Direto recebeu aporte. Comprei mais Tesouro IPCA + 2024. Todo o meu aporte foi neste título. Aportei menos que nos meses anteriores para ter uma reserva de emergência de liquidez imediata, caso algo desse errado nas férias. Nada deu errado, muito pelo contrário =)


Minha carteira de LCI/LCA/CDB permaneceu com a composição que estava: 


E vamos fechar setembro, que outubro já está no meio.


Resultados


Os resultados ficaram assim:


Tive que chutar o resultado de LCI/LCA/CDB baseado nos rendimentos passados, pois não tenho o valor de 30/09/2016 disponível neste momento. 

A distribuição não mudou muita coisa:



Em setembro tive um aumento de capital total de 2,78%. Foi um bom aumento, visto que meu aporte não foi o que poderia ser. O patrimônio segue sempre para cima, então estou feliz. 


Estou muito perto da meta de fim do ano. No gráfico até parece que já cheguei, mas falta um pouquinho.


Conclusões


Vi vários analistas falando em correção da Bovespa, grafistas falando que tinha um "OCO (Ombro-Cabeça-Ombro)" desenhado, que a bolsa tinha chegado no seu topo e era chegada a hora de pular fora e aguardar a queda. Não vi isso acontecer ainda. Agora os analistas falam em tendência de alta, principalmente devido a queda de juros e expectativas positivas para o governo brasileiro (PECs e reformas) e americano. Realmente quem fica seguindo analista está ferrado mesmo. Haja papo furado e gasto com corretagem!!!

Meu resultado da carteira de ações foi 2,08%. Muito interessante, visto que o benchmark Ibovespa subiu 0,8% em setembro (veja aqui). Recuperação boa do movimento a carteira fez no mês passado. 

Minha carteira de FIIs teve um rendimento também interessante de 2,89%. Sigo na expectativa de aumentar minha participação em FIIs. Vou ver qual novo FII entrará no meu portfólio e, de acordo com meus objetivos, ainda tenho interesse em RNGO11 e HGLG11.

Tesouro Direto subindo 1,48%. Já falam em inflação controlada e previsão de queda de juros no curto prazo. O TD continuará sendo a base conservadora da minha carteira, além do ativo onde aloco meu recurso de emergência (TD Selic).

Não tenho muito o que falar de LCI/LCA/CDB, pois tive que fazer uma estimativa do resultado. Considerei valores passados, de forma conservadora. Eu não tenho o valor de fechamento de 30/09 e não sei como conseguir. Então, em outubro o valor volta a ser real.

Estou muito perto da minha meta anual. Se tivesse aportado o valor que geralmente aporto, teria chegado lá. Espero ultrapassar a meta agora em outubro.

Acompanhando alguns colegas na blogosfera financeira, recebi a indicação de um livro interessante. Ainda estou no começo dele, mas já estou gostando. Seu nome é "Paraísos Fiscais e Estrategias Empresariais: Ensaios Sobre Investimentos Offshore", cujo autor é o Antonio C T de Mello (link da amazon para o livro). Investir no exterior é algo que está nos meus planos de médio e longo prazos. Vale a pena dar uma olhada, caso você se interesse pelo tema e não conheça o livro.

Abraço! 

domingo, 4 de setembro de 2016

Agosto/16 - Acompanhamento de Carteira

Olá amigos em busca da IF.

Vamos a mais uma apuração de resultados da carteira "Investidor Disciplinado". Hora de somar os Reais dos investimentos e ver se estamos indo no caminho certo. Hora de ver que a disciplina de aportar todo mês, de evitar gastos desnecessários e focar na meta dá resultado. A meta é IF em 10 anos, como falei em um dos meus posts iniciais (clique aqui).

Para alcançar minha meta final (a sonhada IF), persigo minhas metas intermediárias. Estou muito contente, pois estou muito próximo de bater minha meta anual já em setembro. Sinal que as coisas vão muito bem, obrigado!!!

Chegando na meta...

Vamos ver o que temos na carteira de investimentos!!!


Carteira


A carteira de ações do Investidor Disciplinado segue na mesma configuração:


No mês de agosto, como foi comentado no meu post de compras (clique aqui), comprei mais MDIA3 e TOTS3. A MDIA é só alegria, compro sem pestanejar. A TOTS está com minha confiança abalada no nomento, mas ainda está com margens boas, dívidas controladas e continua dando lucro. Então, sigo comprando TOTVS, mas de olho nos balanços futuros.

Minha carteira de FIIs cresceu. Comprei VRTA11. Já tenho 6 fundos, metade do que eu tenho como alvo:


Mais compras em Tesouro Direto, que é o lado conservador da minha carteira. Neste mês comprei mais IPCA+ 2024 (NTNB Princ) e IPCA+ 2035 (NTNB Princ). Como disse no post de compras (clique aqui), neste mês fiz compras com um valor bastante relevante e não com o que "sobra" dos aportes em renda variável.



Minha carteira de LCI/LCA/CDB permaneceu inalterada. Continuo esperando LCI/LCA com rentabilidades maiores ou iguais a 100% CDI ou CDBs com rentabilidades acima de 117%, ambos sem prazos muito longos (máximo 2 anos e meio) e valores de aporte não muito altos. Não tenho visto muito disto por aí. Enquanto não aparecem, fico com Tesouro mesmo.


Fechamento de contas, aí vamos nós!!!


Resultados


Os resultados de agosto ficaram assim:


A distribuição do capital é a seguinte:


Neste mês o capital aumentou 2,81%. Foi um aumento "Ok", visto que aí tem meu aporte também. Mas sendo positivo, ainda estou contente. Meu objetivo é longo prazo. Então, segue o barco!!!


Gráfico subindo, chegando na meta. Medalha de ouro para a disciplina!!!


Conclusões


A carteira de ações caiu 1,03%. Coincidentemente, a bolsa fechou agosto também em 1,03%, só que positivo. Não faz mal, faz parte. "Renda variável varia", quem entra neste tipo de investimento já está disposto a isto. Contudo, recebi uma grana boa em dividendos neste mês e este dinheiro não é refletido no valor da carteira de ações, visto reinvisto os dividendos também em outros ativos que não são ações.

A carteira de FIIs permaneceu estável, com leve alta de 0,84%. No mês que vem terei mais dinheiro na renda passiva, visto que meu novo FII (VRTA11) colocará dinheiro no meu bolso. Meu yield está em 0,92% do valor investido e considero que minha diversificação está indo bem, então estou contente. No mês de setembro estarei de olho em RNGO11 e HGLG11.

Fechei a carteira de TD com valorização de 0,49%, bem menos do que eu vinha observando. Contudo, há várias indicações que a inflação está voltando para os eixos e que está chegando o dia em que as taxas de juros vão voltar a cair. Bom para o Brasil, que volta a crescer!!!

LCI/LCA/CDB crescendo bem, com 1,22% de alta. Eu investiria bem mais nesse setor se eu não ficasse realmente desconfortável em meu capital ficar preso por um tempo razoável em bancos com resultados "mais ou menos" que pagam taxas boas. Mas, caso apareça uma oportunidade, estamos aí. Aproveito para deixar o endereço de um site que uso para checar a saúde de um banco antes de comprar sua LCI/LCA/CDB: http://www.bancodata.com.br/ 

Concluindo, estou muito perto de alcançar meu objetivo para o ano. Ele não era fácil, pois estabeleci uma meta (desde meu ultimo replanejamento, em maio) que me obrigaria a manter um aumento de capital de 5,9% ao mês. Se tudo der certo, em setembro já bato a meta, o que é fantástico! Importante sempre ter uma meta!!! Crie uma e a persiga incansavelmente!!!

Quais os investimentos que estão no seu radar? Algum FII bom dando sopa por aí?

Abraço!!!